Que histórias você vai querer contar?

Geral

Que histórias você vai querer contar?

Ivson Almeida
Escrito por Ivson Almeida em 19 de julho de 2017
Junte-se a mais de 5.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Por Ivson Almeida, Coach de Carreira

Um estudo hospitalar foi realizado nos Estados Unidos envolvendo cem pessoas entre 80 e 95 anos, grande maioria com doenças terminais ou em fases finais de sua existência. Eles foram questionados sobre os seus maiores arrependimentos na vida até aquele momento e para a surpresa de todos, cerca de 80% responderam que não se arrependiam das coisas que eles tinham feito, mas sim de coisas que eles deixaram de fazer.

A primeira vez que eu vi essa pesquisa, eu refleti em muita coisa na minha vida, mas muita coisa mesmo… assim como você provavelmente também está refletindo agora. Refleti sobre minha carreira, meu trabalho, minha vida pessoal… minha vida! E separei mentalmente duas listas “Coisas que eu deixei de fazer” e “Coisas que eu gostaria de ter feito”. Naquele momento eu pensei se as ações que eu fazia naquele momento em minha vida profissional estavam me levando ao meu propósito de vida. Se minhas decisões tomadas estavam me direcionando aos meus maiores sonhos. Foi assim que eu percebi que estava caminhando para o sentido contrário e pior, muitas vezes eu estava paralisado.

Nós, seres humanos, possuímos um órgão relativamente pequeno, mas que é responsável pelo maior consumo de energia no nosso corpo, o cérebro, e por inúmeras vezes fiquei admirado pela brilhante capacidade que esse órgão têm em liderar majestosamente todo o corpo humano. Não precisamos ser cientistas para entender que o cérebro gerência todo o corpo de maneira extremamente estratégica. Mas em alguns estudos e pesquisas práticas, encontrei uma pequena falha nesse órgão que pode definir seu sucesso ou fracasso em qualquer coisa que você faça na vida.

O cérebro possui o objetivo de nos “proteger”, ele tenta a todo custo poupar energia para o nosso corpo e por isso criamos as chamadas rotinas. Ou seja, tarefas que fazemos tanto que muitas vezes passamos a fazer de maneira automática. Tenho certeza que você lembra como era extremamente difícil dirigir no início, quando você não tinha prática, ou quando você não tinha uma “rotina” instalada. Logo, com o passar do tempo você faz isso com tanta facilidade que nem percebe que esta fazendo. Então quando chegamos nesse nível de prática e rotina entramos em nossa zona de conforto. O cérebro diz pra o resto do corpo que “aqui esta bom”. Da mesma forma acontece com sua carreira. Muitas vezes sem perceber entramos em nossa zona de conforto.

Porém, caso você se deixe levar por sua zona de conforto, certamente você terá mais chances de chegar ao final da vida, no momento em que você vai provavelmente viver apenas de histórias, arrependido das coisas que você deixou de fazer, dos projetos que você deixou de implementar e principalmente dos sonhos que você deixou de acreditar.

A vida é feita de escolhas, todos os dias escolhemos acordar e colocar a mão na massa, ou simplesmente ficar na cama esperando a vida passar. Hoje você fez a escolha de se levantar e além de tudo escolheu ler esse texto e por isso acredito verdadeiramente que você vai contar histórias incríveis!

Mas tudo bem, se você escolheu ficar na cama, em sua zona de conforto, acredito que não existe certo ou errado nesse momento. Mas lembre-se que pra contar as histórias que você escolheu contar no futuro é preciso construí-las primeiro, é preciso construí-las hoje. Você não pode mudar o início de sua história mas com certeza pode mudar o fim dela. Portanto, neste momento, você vai querer contar as suas próprias histórias ou apenas as histórias dos outros? Que histórias você vai querer contar?

Onde encontrar Ivson:

Quero aproveitar a oportunidade para agradecer por ter lido este post e pedir que caso tenha encontrado algum erro ou queira nos comunicar uma informação, envie uma mensagem para [email protected]. Deixe, também, sua opinião nos comentários e siga-nos nas redes sociais: Facebook, LinkedInTwitter Instagram. Temos, também, um grupo do WhatsApp.

Se você quer receber nossas atualizações por e-mail, clique aqui. Já para baixar o nosso primeiro e-Book gratuito, basta clica em: Curso Básico de Departamento de Pessoal.

Leia mais:

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

One Reply to “Que histórias você vai querer contar?”

Departamento de Pessoal em Foco › Uma escola, um sítio e uma mensagem de motivação

[…] preparação  e perseverança, e o mínimo de oportunidade são suficiente para obter  “sucesso“, independente do que isso representa pra […]

%d blogueiros gostam disto: